Dark side of Manhood

Com o post anterior a Sra.Saltos acabou por vos por contra mim e todos os homens, mas não era preciso um post para isso pois não? Pois.

Os homens apesar de não serem os mostrengos carregados de hormonas que algumas mulheres são, também teem dificuldades e nos dias que correm em que a “igualdade de género” é tema mais que comum em todas as conversas. Gostava de cuspir para aqui uns quantos comentários machistas para vocês afiarem as vossas forquilhas e virem-me linchar.

1.Homens que querem encontrar roupa:

Pois é, também é difícil para nós, especialmente entrando numa grande loja e constatando que a secção feminina cobre 97% da loja. E tamanhos? 

 “

O maior medo das mulheres é a palavra L na etiqueta das roupas. No caso do homens, é não existir um par de calças que lhe sirvam.”

 
Todos os homens passam horrores quando procuram aquelas calças 38. Simplesmente não há. A mesma coisa para o calçado que já recai no 42/43, sendo impossível certos patudos comprarem aquele para de sapatos. Época de saldos nem se fala. No entanto, continuamos a ter aquele superpoder de nos despacharmos em menos de 1 hora. Porque apenas compramos o que precisamos.

2. A expectativa de cavalheirismo 

Muitas vezes é esperado que da nossa parte sejamos cavalheiros. É tipo uma unspoken rule que “homem que é homem abre a porta a senhoras”. Até a minha mãe me ensinou a ser cavalheiro em conjunto com o meu pai, visto já ser um conceito tão enraizado na sociedade.  Já o contrário não se verifica. Poderia contar uma série de episódios em que uma série de mulheres e raparigas levaram, literalmente, com a porta na cara por causa desta tal expectativa. O mesmo se aplica a deixar passar primeiro, ceder lugares, e até mesmo ajudar em certas tarefas extremamente físicas como trocar pneus. Igualdade é para todos. Queremos ver esse cavalheirismo, senhoras.

3. “Ladies night every night”

Pois. Se um homem quer sair a noite, tem de pagar tudo da sua conta, incluindo entradas. Especialmente entradas. Já fiquei várias vezes a porta de estabelecimentos porque me cobravam ‌dinheiro para entrar. É justo, cada um prática a entrada que quer. Mas quando vejo senhoras a entrarem, sem pagarem, deixo de ver a justiça ou seja lá o que se aplica nestes casos. Modelos de negócio. Não gosto disso, e é por isso que também saio pouco à noite. Claro que isto não é propriamente”culpa” vossa, mas só para ficarem a pensar nesse privilégio falopiano. Adiante.

4. Desporto

Existem muitos desportos onde as mulheres, por diferença de performance provada e demonstrada, competem à parte para que os atletas mais fracos masculinos não interfiram na sua competição. É um facto. Mas nos outros, onde competem todos juntos, ouve-se muitas vezes na chamada ao pódio a seguinte frase:

” E o primeiro feminino vai para (….)”

Vamos imaginar a cara das pessoas que ouvem perguntas de novatos no desporto como:

” E quem é que ganhou os masculinos?”

really.png

 

Pois é. Vocês só por serem uma fábrica de bebés ambulantes ganham um prémio, sendo que muitas vezes, essa rapariga ou mulher que ganha o primeiro feminino, está sozinha numa competição em que são só rapazes/homens. Pois. Igualdade.

5. Sexo “forte”

Vejo em muitas de vocês a necessidade de se afirmarem o sexo forte. Isto faz-me lembrar o a superioridade nazi do Hitler. Não sei porquê, mas faz. Não há sexo forte, e essa ideia cai por terra quando há mulheres no ginásio que levantam mais peso do que eu, seja em que máquina for, mas que depois chegam a casa e pedem aos seus cônjuges para abrirem um frasco. Aliás, cientificamente falando, o género ou sexo apenas se baseia no que nós temos, ou não, pendurado na nossa virilha, pois o segundo cromossoma X e o cromossoma y, após cumprirem as suas funções de definição de sexo (quando estamos bem dentro das nossas mães) , deixam de funcionar para mais nada. Esqueci-me de dizer que sou “cientista” com conhecimentos de genética. Pois.

Concluindo:

Cada um tens as suas diferenças, e reconheço que algumas das mulheres são umas guerreiras saídas diretamente das fileiras do Viriato. Mas claro que também há o oposto. Sempre houve. Sempre vai haver. Mas tal como vocês enfrentam certos problemas, nós também, e este texto até que ajuda vocês a abrirem os olhos. Nem todos nós somos um David Beckham, com todo o seu esplendor e serenidade. Alguns de nós enfrentam problemas diariamente, e se há um quote faz todo o sentido neste momento será este:

“Não julguem um homem até andarem nos seus sapatos”

No meu caso ténis.

No caso das senhoras, saltos.

~Sr.Ténis

Anúncios

16 comentários em “Dark side of Manhood

  1. 1- claro que vocês são mais rápidos, como acabaste de dizer 97% da loja é feminina logo é fácil encontrarem o que precisam em apenas 3% do espaço 😜
    2- Aqui concordo com quase tudo. Sou a favor da igualdade de género limitando apenas aspetos físicos. Se for preciso conduzir um trator faço-o com todo o gosto mas não me peçam para trocar um pneu porque acho que não seria fisicamente capaz de o fazer. Quanto a deixar passar nas portas, deixo sempre primeiro os mais velhos. Questões de sexo acho estúpidas, passa primeiro quem calhar [se estiver a chover, passará primeiro quem quer entrar, seja homem ou mulher]. Compreendo que vocês, homens se sintam injustiçados e com toda a razão.
    3- Neste ponto sou completamente a favor. Acho que “o que é para um, é para todos” mas sei que na vida real vocês são bastante injustiçados.
    4- Não concordo nem discordo, estou fora do assunto. Apenas pratiquei ténis, como tal, as competições estavam separadas por sexo. Mas pela tua descrição também concordo que não seja justo.
    5- Aqui considero as mulheres o sexo “forte” no sentido de conseguirmos fazer várias coisas em simultâneo. Pormenor raro em vocês 😜 [quanto ao adjetivo forte, aqui em casa não há dúvida que a força está do lado do sexo masculino, mas eu não vou ao ginásio. E nem que fosse não levantaria mais peso que tu de certeza]

    Mas pronto, tenho de admitir que realmente, aos olhos da sociedade, vocês não estão muito favorecidos não..

    Curtir

      1. Exato. Eu aqui entro nas vossas “picardias” em tua defesa – temos que nos defender umas às outras 😋
        Mas levo isto na brincadeira.. E também sei ver que uma coisa é brincar e dizer que nós somos as maiores, outra é saber ver os factos como eles são e claro que há aspetos em que eles não têm a vida nada facilitada 😜
        Mas é como tu dizes e bem, na verdade sofremos todos. E ainda bem, se fossem sempre os mesmos a sofrer era pior hehehehe

        Curtir

      1. Desculpa lá mas tocar guitarra é só uma coisa [e não é nada contra ti, eu também toco]. Quer dizer, vá, às vezes podem ser 3: tocar, ver os acordes e cantar. Mas nunca 6 😆
        Conheço poucos homens que façam mais que 1 tarefa em simultâneo..
        E, mesmo que façam, não fazem tantas como nós, pois não Sra Saltos? 😜

        Curtir

  2. Sra Saltos, tudo isto só para desculparmos o facto de não baixarem o tampo?
    Do género, ok, nós não baixamos o tampo da sanita mas não se virem contra nós porque já nos basta a sociedade ser injusta connosco 😜 hehehe

    Curtir

      1. Não digas isso porque o Sr Ténis vai ler e nunca mais o baixa 😜
        O tampo é um aspeto que se resolve a dois. Estes aspetos de que o Sr Ténis se queixou não se resolvem tão facilmente 😆 hahaha

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s